“Tratorzinho” vence em evento feminino inaugural no Centro-Oeste

As duas jovens atletas, que entraram no ringue da primeira edição do Fight Girls, representando a nova geração de lutadoras que estão em assenção no universo das artes marciais no Centro-Oeste do país.

Andressa Alves, a “Tratorzinho” e Ana Luiza “Trator” ficaram frente a frente novamente, já que elas haviam se enfrentado em outra competição goiana, à ocasião, Ana Luiza levou a melhor.

Desta vez a história foi diferente, “Tratorzinho” mostrou-se mais experiente e amadurecida tecnicamente, e depois de cinco rounds que por decisão unânime ficou com título Semi Pro na categoria até 52 kg da organização.

“A cada passo, quero superar a mim mesma”, foi a frase repetida pela campeã, em resposta ao apoio e incentivo dado pela torcida dentro do Ginásio.

“Todos fazem parte dessa vitória, em especial a minha equipe Team Raniere Silva, que deposita em mim total confiança, espero sempre honra-los. Estou muito feliz e agradecida”, afirmou Andressa, que ganhou o apelido de “Tratorzinho” de uma companheiro de equipe no Centro de Treinamento, por não correr de uma “luvinha” mesmo com atletas experientes.

O evento FIGHT GIRLS chega ao cenário de eventos em Goiás com a motivação de fomentar o esporte de lutas no meio feminino. Na edição de estreia, o organizador GM Marcelo William, diz estar satisfeito com o sucesso da competição.

“O primeiro evento foi totalmente de encontro com as nossas expectativas, a torcida compareceu e as atletas brilharam soberanas dentro do ringue do Fight Girls. Confronto que confirmaram o profissionalismo e talentos das mulheres nas artes marciais, o palco é delas!” declarou o GM Marcelo, que é o Diretor de Eventos CBMTMMA (Confederação Brasileira de MuayThai Boran e MMA).

COMENTÁRIOS

comentários

Pedro Henrique
Respiro WMMA 26 horas por dia, só irei descansar quando as mulheres chegarem no mesmo nível dos homens!