Thaiane Souza encara desafio em cima da hora no Shooto Brasil 90

O toque de luvas inicial da temporada 2019 do Shooto Brasil acontece nesta sexta-feira, dia 15 de março. A edição de número 90 e primeira do ano promete abalar as estruturas da Upper Arena, casa do evento no Rio de Janeiro. Serão 14 lutas na noite, com destaque para o duelo feminino entre Andressa Romero x Thaiane Souza, que substitui Queila Melo, que lesionou o ombro e foi obrigada a retirar-se do confronto. O evento tem início às 19h e conta com transmissão ao vivo do Canal Combate.

“Mais um ano começando e as expectativas são as melhores possíveis. Sempre venho batido na tecla da dificuldade em se fazer eventos no Brasil e mais um ano se passa e o Shooto continua firme e forte, sempre com objetivo de revelar grandes talentos do MMA nacional. Essa primeira edição do ano vai ser interessante, com título em jogo e a presença de um nome carimbado como o Adriano. Tenho certeza que a galera que acompanhar, seja na TV ou na Arena, vai gostar do que vai ver”, afirma Dedé Pederneiras, presidente do Shooto Brasil.

Andressa, 25 anos, tem uma vitória e um empate no seu cartel, é atleta da Nova União e não atua desde outubro do ano passado quando empatou com Julie Mezabarba no NCE.

Thaiane, 25 anos, faz parte da equipe CM SYSTEM, com sede em Curitiba, tem um registro no MMA de quatro vitórias, quatro derrotas e um no contest. Tem experiência internacional e busca manter-se ativa competindo em torneios de jiu-jítsu ou submission.

A luta principal do Shooto Brasil 90 coloca frente a frente dois atletas em momentos distintos da carreira. De um lado está Daniel Miojo, de apenas 22 anos, e que ainda não sabe o que é ser derrotado. Com sete vitórias, sendo quatro por nocaute e três por finalização, o fluminense de Valença, no interior do estado, também não sabe o que levar uma luta até o final. Do outro lado do octógono estará Edilceu Para Raio. Pupilo do ex-lutador Cristiano Marcello na equipe CM System, o lutador de Sinop, no Mato Grosso, chega também com bons números. Aos 36 anos, ele soma nove vitórias e dois reveses na carreira. Edilceu faz ainda sua estreia no Shooto Brasil.

Na co-luta principal da noite mais uma estreia, essa com currículo de peso. O manauara Adriano Martins retorna ao Brasil após quase seis anos atuando no UFC. Aos 36 anos o lutador da American Top Team tem um cartel expressivo de 28 vitórias e dez derrotas. Ele vai encarar seu xará Adriano Rodrigues, que aos 26 anos soma um cartel de dez vitórias e três derrotas.

O card do Shooto conta ainda com a presença de nomes conhecidos do cenário nacional como a dupla da Nova União, Pedro Falcão e Luciano Benício. Eles encaram Mauricio Bad Boy e Andrey Mineiro, respectivamente.

Shooto Brasil 90

Data: Sexta-feira, 15 de março de 2019
Horário: 19h (Card preliminar) e 20h ao vivo no Canal Combate
Local: Upper Arena
Endereço: Rua Bibiano Pereira da Rocha n° 2-A – Flamengo, Rio de Janeiro

Card principal

Até 59kg: Edilceu “Para Raio” (58,2kg) (CM System) x Daniel Miojo (58,8kg) (ATS Tubarões)
Até 74kg: Adriano Rodrigues (74,4kg) (RD Champions) x Adriano Martins (74,6kg) (ATT)
Até 68kg: Maurício Bad Boy (66,6kg) (Guetto Diamond) x Pedro Falcão (68,2kg) (Nova União)
Até 66kg: Andrey Mineiro (66,1kg) (RD Champions) x Luciano Benício (66,2kg) (Nova União)
Até 68g: Pacceli Afonso (67,8kg) (Tchaco Fight Team) x Junior Negão (68,4kg) (Nova União)
Até 70kg: Paulo Cesar Ramer (70,5kg) (BPT/CTA) x Ricardo Maisena (70,8kg) (CMT)
Até 77kg: Claudio Rocha (77,6kg) (Rocha Top Team) x Vandirson Negão (77,6kg) (Rizzo RVT)
Até 66kg: Pedro Finger (65,3kg) (Team Nogueira Viamão) x Diego Domingos (66,2kg) (Nova União)
Até 84kg: Gabriel Cruz (83,9kg) (Projeto Maquininha do Futuro) x Wildemar Besouro (84,4kg) (Team Malhado)
Até 81kg: Lucas Hodak (80,1kg) (Team Cyborg) x Guilherme Prescendo (80,9kg) (Strikers House)
Até 66kg: Marcos Silva (66,2kg) (Beto Padilha Team) x King Lamo (66,2kg) (Nova União/Academia Champion)
Até 57kg: Romário Garcia (57,2kg) (Relma Combat) x Claudio Coutinho (57,1kg) (Nova União)

Card preliminar

Até 61kg: Tarcizio Pedra (61,2kg) (RD Champions) x Felipe Pereira (61,4kg) (Nova União/Adamcam/MPBJJ)
Até 53,5kg: Thaiane Souza (52,7kg) (CM System) x Andressa Romero (53,2kg) (Nova União)

COMENTÁRIOS

comentários

Pedro Henrique
Respiro WMMA 26 horas por dia, só irei descansar quando as mulheres chegarem no mesmo nível dos homens!