Luana Pinheiro faz primeira luta internacional na Índia no final do ano

Natural de João Pessoa, capital da Paraíba, Luana Pinheiro fará sua primeira luta fora do país no dia 21 de dezembro, contra a italiana Micol Disegni (6-1), pelo Brave Combat Federation, na Índia – na primeira vez que o evento será disputado no país mais populoso do mundo. Com um recorde de seis lutas e cinco vitórias no MMA, Luana Pinheiro revela que estava inquieta, desejando um rápido retorno às lutas.

“Já estava ansiosa para voltar ao cage do Brave. Fiz uma estreia que me orgulho bastante com vitória no evento em Belo Horizonte, cidade que me acolheu nas artes marciais. Agora, terei minha primeira oportunidade de lutar MMA fora do país, contra uma adversária de renome. Vou finalizar o ano com mais uma grande vitória para consolidar meu nome dentro do cenário do esporte mundial”, anteviu Luana Pinheiro, que estreou no Brave em abril de 2018, em Belo Horizonte, com vitória sobre a compatriota Elaine “Pantera” Leal.

Advinda do judô, arte marcial que competiu em alto nível até 2015, Luana Pinheiro revela que se sente cada vez mais adaptada ao MMA, modalidade que pratica desde 2016. A paraibana promete mostrar sua evolução no esporte diante de Micol Disegni.

“Já estava me preparando para a possibilidade de lutar em dezembro antes mesmo da confirmação. Agora, é aumentar o foco e intensificar toda a preparação para chegar em alto nível no dia 21 de dezembro. A cada luta que faço sinto que evoluo um pouco mais e fico mais confortável lutando MMA. Na Índia, teremos uma Luana ainda melhor do que as outras seis vezes que entrei no cage”, destacou.

Treinando em Belo Horizonte, Minas Gerais, desde à época que competia profissionalmente no judô, Luana Pinheiro quer uma mudança de ares para o seu próximo período de treinamentos. A lutadora revela que parte da preparação para o próximo desafio vai acontecer no Rio de Janeiro, na conceituada academia Nova União – que tem em seu plantel nomes do calibre de José Aldo, Leo Santos e Ketlen Vieira, expoentes do UFC, maior evento de MMA do mundo.

“Farei parte da preparação em Belo Horizonte, na BH Rhinos, e outra parte na Nova União, no Rio de Janeiro. Sair da zona de conforto e me colocar em novas situações, com diferentes atletas me desafiando durante o período de treinos será fundamental para conquistar mais uma vitória em minha carreira”, concluiu.

Luana Pinheiro tem 25 anos e venceu cinco lutas em sua breve carreira no MMA. Especialista em quedas e no jogo de chão, possui quatro finalizações em seu cartel (duas vitórias por chave de braço e triunfos por guilhotina e mata-leão). A jovem atleta compete no peso palha (até 52 quilos) e é uma das estrelas brasileiras em ascensão no Brave – evento organizado pela família real do Bahrain.

COMENTÁRIOS

comentários

Pedro Henrique
Respiro WMMA 26 horas por dia, só irei descansar quando as mulheres chegarem no mesmo nível dos homens!