Karol Piret defende invencibilidade no NP Fight 10

A lutadora apesar da pouca idade, mantém um cartel de lutas que a coloca como uma das mais experientes atletas no Centro-Oeste. Ainda não conheceu o revés, e encarou o resultado de um empate, como sendo apenas um aprendizado para seu melhor aperfeiçoamento.

Karol conheceu a arte das oito armas em 2015, com 14 anos, desde então a paixão e dedicação incomum para uma adolescente, já lhe rendeu cinco cinturões de organizações distintas.

A rotina de treinos da campeã está intensificado, pois a jovem que em 2017 conquistou o cinturão feminino inaugural de Muay Thai até 57 kg da organização NP FIGHT, vai subir novamente no cage com a responsabilidade de defender seu título pela primeira vez no evento goiano, contra a mineira Jully Jennifer da Equipe Tonácio.

A equipe WK Falcão, uma das mais tradicionais equipes de Muay Thai da capital, berço da atleta, dá todo suporte para que em sua primeira defesa, a sequências de vitórias continue.

“Defender um cinturão é sempre tenso, requer muito esforço e dedicação. Tenho um carinho enorme por esse título, pois travei uma verdadeira batalha para conquista-lo e agora, vou sim defende-lo junto com a família WK Falcão” afirma convicta e segura Karol Piret.

O NP FIGHT 10 acontece em Goiânia no dia 10 de novembro. Karol Piret e Jully Jennifer farão o co-main event da noite .

COMENTÁRIOS

comentários

Pedro Henrique
Respiro WMMA 26 horas por dia, só irei descansar quando as mulheres chegarem no mesmo nível dos homens!