Joanna Jedrzejczyk afirma interesse em enfrentar Valentina Shevchenko pelo cinturão peso mosca do UFC

Joanna Jedrzejczyk, ex-campeã peso-palha das mulheres do UFC, indicou que tem alguns compromissos para cumprir antes de aceitar o desafio pelo título da categoria peso mosca.

Assumindo que isso seja resolvido, Jedrzejczyk (14-2 MMA, 9-2 UFC) pode receber a chance de ganhar o título vago ao derrotar a ex-rival Valentina Shevchenko (15-3 MMA, 4-2 UFC).

“Quem sabe – talvez este ano”, Jedrzejczyk disse ao MMAjunkie, acrescentando: “O problema é que estou muito interessada para subir e encarar Valentina. Eu sempre quero enfrentar as melhores atletas, as melhores lutadoras do mundo, e Valentina é uma das maiores lutadoras de muay thai e também de MMA.

¨Sou muito disposta, mas preciso sentar e discutir algumas coisas. Vamos ver o que vai acontecer¨.

Jedrzejczyk disse que tem viajado pelo mundo trabalhando com patrocinadores e outros parceiros de negócios, então ela não está totalmente envolvida com o que está acontecendo no esporte. Ela perdeu, por exemplo, o desempenho dominante de Tatiana Suarez sobre a ex-campeã Carla Esparza no UFC 228.

Mas a polonesa não perdeu o co-main event do último sábado, o confronto entre Karolina Kowalkiewicz (12-3 MMA, 5-3 UFC) e Jessica Andrade (19-6 MMA, 10-4 UFC), no qual a brasileira venceu com um nocaute violento.

“Eu realmente pensei que Karolina ia fazer melhor, mas você não pode levar socos sem guarda de Jessica Andrade, então foi um grande erro”, disse a ex-campeã de sua colega polonesa. “Mas acredito que Karolina estará de volta muito em breve, e espero que ela continue forte”.

Com o cancelamento do duelo entre Nicco Montano x Valentina Shevchenko pelo título do peso mosca, e com a campeã perdendo o seu cinturão sem lutar, imediatamente, fãs e especialistas apontaram Jedrzejczyk como uma candidata ao título da categoria até 57 quilos entre as mulheres. Joanna repetidamente falou de subir para acima depois de igualar o recorde de seis defesas de título da ex-campeã peso-galo Ronda Rousey, uma meta que ela ficou aquém após perder para Namajunas. E ela tem uma história com Shevchenko, que três vezes a derrotou no circuito amador de Muay-Thai.

“Um dos meus maiores sonhos é se tornar uma campeã na divisão peso mosca e se tornar uma campeã em duas divisões diferentes”, disse Jedrzejczyk. “Ainda estou sonhando com isso e sei que isso vai acontecer mais cedo do que imagino¨.

COMENTÁRIOS

comentários

Pedro Henrique
Respiro WMMA 26 horas por dia, só irei descansar quando as mulheres chegarem no mesmo nível dos homens!