Curiosidades do UFC 222

Uma noite muito especial para as mulheres no UFC 222, com três duelos femininos, seis mulheres estão colocando seu destino em jogo em Las Vegas, selecionamos inúmeros fatos que envolvem as protagonistas da noite, e tenha uma boa leitura!

Cris Cyborg

Cyborg faz sua terceira apresentação no peso pena feminino do UFC.

Cyborg vem de uma série invicta de 20 lutas seguidas, 19 vitórias e uma sem resultado Ela não sofre uma derrota desde sua estreia no MMA em maio de 2005.

A invencibilidade de 20 lutas de Cyborg no MMA está empatada com a série de Jimmie Rivera atrás de Khabib Nurmagomedov (25), incluindo apenas lutadores do UFC.

Cyborg ganhou 16 de suas 19 vitórias na carreira por nocaute. Isso inclui três de suas quatro vitórias do UFC.

Cyborg acertou 302 golpes e sofreu 92 golpes nas suas três lutas no UFC

Yana Kunitskaya

Kunitskaya torna-se o sexto lutador na história do UFC para disputar um título em sua estreia promocional. Ela junta-se a Joe Soto, Gilbert Melendez, Liz Carmouche, Frank Trigg e Hayoto Sakurai.

Kunitskaya retorna à divisão de peso pena pela primeira vez desde junho de 2012.

Kunitskaya é 2-2 (com um não resultado) em suas últimas cinco lutas, depois de quatro anos inativa quando retornou em março de 2016.

Kunitskaya ganhou oito de suas 10 vitórias na carreira por paralisação.

Cat Zingano

Cat (9-2 MMA, 2-2 UFC) retorna à competição pela primeira vez desde 9 de julho de 2016. O hiato durou cerca de 602 dias, é o período inativo na sua longa carreira, a americana luta há quase 10 anos.

Zingano lutou apenas uma vez por ano desde 2011-2016. Ela não competiu em 2017.

Zingano ganhou oito de suas nove vitórias na carreira por paralisação.

As duas vitórias do Zingano no peso galo feminino do UFC por nocaute estão empatadas em terceiro lugar na história divisória, atrás de Amanda Nunes (quatro) e Ronda Rousey (três).

Zingano vs Rousey no UFC 184 foi a única luta na história do UFC em disputa de cinturão, que não houve trocas de socos e chutes.

Ketlen Vieira

Ketlen (9-0 MMA, 3-0 UFC) tem três vitórias no peso galo do UFC e essa sequência vitoriosa está atrás apenas de Nunes (seis) e Raquel Pennington (quatro).

Foi reserva da seleção brasileira Sub-21 de judô, terceira colocada na olimpíada universitária e no campeonato brasileiro de judô e campeã brasileira de luta livre olímpica.

Vieira fez sua estreia nas artes marciais mistas em 2 de outubro de 2014, no Circuito de Lutas Fight Night 4. Ela enfrentou Juliana Leite e venceu por nocaute técnico no segundo round.

A brasileira é campeã mundial de MMA amador, em evento que contou com a presença de Ronda Rousey.

Mackenzie Dern

Mackenzie Dern nasceu em Phoenix, no Arizona (EUA), no dia 24 de Março de 1993.

Mackenzie é multicampeã de jiu-jitsu e ADCC, maior evento de luta agarrada do mundo.

Antes de assinar com o UFC, brilhou no LFA e Invicta FC.

COMENTÁRIOS

comentários

Pedro Henrique
Respiro WMMA 26 horas por dia, só irei descansar quando as mulheres chegarem no mesmo nível dos homens!