Cris Cyborg vence Yana Kunitskaya facilmente no UFC 222

Ela não deu chances! Cris Cyborg emplacou a quarta vitória na sua quinta apresentação no Ultimate e venceu Yana Kunitskaya por nocaute técnico de uma forma destruidora. A brasileira esta muito acima de qualquer atleta que queira se aventurar no peso pena e agora espera um confronto contra Amanda Nunes.

Durante a luta, Cris demonstrou muito calma, em situações como quando Yana tentou pegar as suas costas no começo co combate. O confronto começou com a Cris pendulando e acertando uma bomba de direita em Kunitskaya, que pega o tornozelo e leva a brasileira para o chão. Cyborg tira o quadril do chão, mas a russa pega as costas. Yana vai para o clinch e prende Cyborg na grade. Ela tenta joelhadas, mas não consegue conectar golpes. Yana tenta joelhadas, e Cris se defende buscando o clinch do muay thai. Cyborg acerta joelhada na linha de cintura e tenta se desvencilhar. Yana pega mão com mão, absorve joelhadas no corpo, empurra e clincha na grade.

A russa não escondia o receito de receber os golpes da mão direita de Cris, e a brasileira notando isso não perdoou com um golpe poderoso abriu o caminho da vitória, Yana não reagia enquanto Cyborg aplicava uma verdadeira blitz por cima e pressionando a sua oponente na grade, Cris não bateu muito para o árbitro finalizar o combate que demorou um pouco mais de três minutos.

Uma vitória fácil da maior lutadora de todos os tempos, Cris ainda falou sobre quem poderá ficar na sua frente na sua próxima luta pelo UFC.

– Quero agradecer a todos os meus fãs que estiveram aqui. Eu sou uma representante da Chute Boxe, e estou sempre pronta para qualquer uma em qualquer lugar. Eu quero enfrentar Amanda Nunes na minha próxima luta. É brasileira contra brasileira. É triste, mas ela pediu e eu estou pronta para enfrentá-la.

UFC 222

Confira os resultados:

Card Principal
Disputa do cinturão peso pena: Cris Cyborg (c) venceu Yana Kunitskaya por atropelo (nocaute técnico) no primeiro round.
Peso pena: Brian Ortega venceu Frankie Edgar por nocaute brutal no primeiro round.
Peso galo: Sean O’Malley venceu Andre Soukhamthath por decisão unânime (29-27, 29-27, 29-27)
Peso pesado: Andrei Arlovski derrotou Stefan Struve por decisão unânime (29-28, 29-28, 30-27)
Peso galo: Ketlen Vieira derrotou Cat Zingano por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28)

Card Preliminar
Peso palha: Mackenzie Dern derrotou Ashley Yoder por decisão dividida (28-29, 29-28, 29-28)
Peso leve: Alexander Hernandez derrotou Beneil Dariush por nocaute (soco) aos 0:42 do primeiro round
Peso galo: John Dodson derrotou Pedro Munhoz por decisão dividida (28-29, 30-27, 29-28)
Peso médio: CB Dollaway derrotou Hector Lombard por desclassificação (golpes depois da buzina) aos 5:00 do primeiro round
Peso meio-médio: Zak Ottow derrotou Mike Pyle por nocaute técnico (socos) aos 2:34 do primeiro round
Peso galo: Cody Stamann derrotou Bryan Caraway por decisão dividida (28-29, 29-28, 29-28)
Peso pesado: Jordan Johnson derrotou Adam Milstead por decisão dividida (29-28, 27-30, 29-28)

COMENTÁRIOS

comentários

Pedro Henrique
Respiro WMMA 26 horas por dia, só irei descansar quando as mulheres chegarem no mesmo nível dos homens!