Após sair atrás nos primeiros rounds, Dai Fox finaliza Mariana Morais no SFT 3

Em uma virada sensacional, Dai Fox provou porque é considerada uma das grandes promessas do Invicta FC, maior evento feminino de MMA do mundo. Após perder os dois primeiros rounds para Mariana Morais, companheira de treinos da estrela do UFC Jéssica Andrade, Fox conseguiu encaixar um triângulo da guarda e fazer uma belíssima transição para o braço, com isso obrigando a atleta da equipe Paraná Vale-Tudo a dar os três tapinhas.

“Minha trocação não tava entrando e ela estava conseguindo me quedar bastante. Mas graças a Deus consegui dar o bote no braço e finalizar”, comemorou Dai.

Foi a décima vitória na carreira de Dai Fox, a terceira finalizando, Mariana sofreu a oitava derrota no MMA, e vive uma fase inconstante.

Como era de se esperar, a terceira edição do Standout Fighting Tournament (SFT), realizado neste sábado (21), em São Paulo (SP), foi um enorme sucesso. Recheado de combates disputados em altíssimo nível, o SFT 3 brindou a torcida, que lotou o Ginásio do Esporte Clube Sírio, com um dos melhores eventos realizados no Brasil nos últimos tempos. A edição também sagrou o primeiro campeão de sua história. Anderson Berinja conquistou o cinturão peso-galo (até 61kg) ao derrotar Wanderley Mexicano no primeiro round.

RESULTADOS COMPLETOS

CARD PRINCIPAL
Anderson Berinja venceu Wanderley Mexicano por nocaute técnico no primeiro round
Dai Fox venceu Mariana Morais por finalização no terceiro round
Felipe Buakaw venceu José Besouro por decisão unânime
Tiago “Samurai” dos Santos venceu Diogo Sotero por decisão dividida

CARD PRELIMINAR
Emerson Santos venceu Thiago “TKS” dos Santos por finalização no primeiro round
Moacir Rocha venceu Tonny Geleia por decisão unânime
Romolo “Baiano” Silva venceu Paulo “Pitbull” dos Santos por nocaute no primeiro round
Widson “Fumaça” venceu Maksuel de Souza por nocaute no primeiro round
Arireza Noei venceu Willian Bad Boy por finalização no primeiro round
Julio Spadaccini venceu Rafael “Zé Maritaca” Santos por nocaute técnico no segundo round

K1
André “Mascote” Cardoso venceu Tony “Mão Pesada” por nocaute no primeiro round
Bruno “Perna” dos Santos venceu Luciano “Xaninho” Dias por decisão unânime

COMENTÁRIOS

comentários

Pedro Henrique
Respiro WMMA 26 horas por dia, só irei descansar quando as mulheres chegarem no mesmo nível dos homens!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA